sohan

Quando Sohan* se tornou um cristão, ele começou a compartilhar seu testemunho com todos que conhecia. Seus vizinhos hindus, irritados, o atacaram junto com seu pastor. “Os moradores se amontoaram ao nosso redor e começaram a nos dar socos e chutes. Eles nos disseram para adorarmos os deuses e deusas hindus. Nós nos recusamos. Eles nos bateram ainda mais forte", compartilha Sohan.

Sua história não é incomum. No último ano, mais de 800 cristãos sofreram ataques físicos, e neste ano o número pode ser até mais alto. O aumento do extremismo hindu significa que os cristãos estão enfrentando altos níveis de discriminação e ataques.

Mas Deus está agindo. Muitos estão se convertendo depois de vivenciar curas milagrosas, e cristãos presos tem visto Deus usá-los para alcançar outros prisioneiros para Cristo. Suas orações e apoio fazem uma grande diferença para nossos irmãos e irmãs - Sohan compartilha: “Vocês têm fortalecido os cristãos perseguidos e mostrado que estão com eles”.

Depois de Sohan ser agredido, a polícia foi chamada pelos agressores, que o acusaram de converter pessoas ao cristianismo. Há leis anti-conversões em cinco estados da Índia, onde cristãos e outras minorias são perseguidos e presos com frequência. “Eu estava tremendo de medo, mas continuava em oração”, conta Sohan.

Ele foi levado à prisão, onde ficou preso por quatro dias. Mas nesse tempo, Deus trabalhou de maneiras incríveis. O cristão compartilha: “Eu falei do evangelho e orei por um detento que estava doente. Ele foi curado e creu em Cristo naquele mesmo instante. Meu outro colega de cela sofria de uma intensa depressão. Ele sempre dizia que queria se suicidar. Eu orei por ele e os pensamentos suicidas que ele costumava ter o deixaram e ele também aceitou a Cristo. A terceira pessoa que eu conheci foi um jovem acusado injustamente de violentar uma mulher. Ele também costumava ficar aborrecido por se sentir solitário. Eu compartilhei o evangelho com ele, que também decidiu seguir a Cristo dentro da prisão. Dessa maneira eu vi o imenso poder e libertação de Deus”.

Graças ao seu apoio e oração, parceiros da Portas Abertas puderam pagar a fiança de Sohan e ajudá-lo a enfrentar as falsas acusações contra ele. Ele retornou à sua cidade e vive entre aqueles que o bateram e o levaram à prisão.

Apesar de tudo o que Sohan passou, ele está determinado em continuar seguindo a Jesus Cristo: “Eu sofri com muitas doenças físicas e problemas financeiros antes de me tornar cristão. Agora eu tenho liberdade de todos aqueles problemas e tenho uma nova vida. Essa nova vida vai viver somente para ele, mesmo que isso inclua a perseguição”.

Ore agora…
Peça a Deus sabedoria e coragem para que Sohan e outros cristãos da Índia continuem compartilhando o evangelho até mesmo nas situações mais difíceis e lugares mais improváveis.

*Nome alterado por motivos de segurança.