Cristãos do Iraque deixaram tudo para trás. A maior parte dos deslocados que mora em Erbil fugiu de cidades como Qaraqosh após a violência causada pelo Estado Islâmico desde que o grupo tentou assumir o controle da região.

Agora esses cristãos vivem em propriedades que não são suas e se sustentam com doações da igreja e organizações. É claro que eles estão felizes por viverem em melhores condições de vida, mas para eles a nova casa não é um lar. Tudo o que eles têm muitas vezes é uma mala com roupas e alguns bens.

Conheça alguns deles e o que fizeram questão de levar com eles quando fugiram:

UG 01 NOOR Iraq 2015 0260105051

"Quando fugi de Qaraqosh, trouxe minha Bíblia, minha pequena Bíblia. Eu sei que é pequena, mas ela é tão preciosa para mim. Quando eu estava em Qaraqosh, lia ela quase todas as noites. As palavras purificam minha alma, é assim que me sinto quando leio. É um momento precioso. Quando eu tive que ir, a levei comigo." Noor Soher

 

UG 02 NAJAD Iraq 2015 0260105064

"Ao lado da minha Bíblia, eu gostaria de mostrar a vocês as chaves da minha casa. Eu os guardo como uma lembrança do meu lar. Trabalhamos duro para construir nossa casa e agora parece não ter valido. Todo meu esforço é representado por esta chave. Eu ainda espero poder retornar um dia.” Najad

 

UG 03 MARYAM Iraq 2016 0260105089

Maryam e sua família tinham uma casa em Mossul com cerca de vinte árvores no jardim. Sua mãe tinha morrido antes do Estado Islâmico chegar, então eles se mudaram para Erbil. Ela tem uma caixinha de sapatos com pequenos pertences que são de grande valor para ela: uma Bíblia de jovens ilustrada, fotos da família e também a foto dela com sua mãe com quem teve um relacionamento muito bom. Ela sente falta dela.

 

UG 04 ANDROS Iraq 2015 0260105061

"Meu celular é importante para mim. Não pelo celular em si, mas pelas informações e fotos nele. Quando o Estado Islâmico avançou em junho de 2014, minha família pensou que seria uma boa ideia escanear todas as nossas fotos e passá-las para nossos telefones, apenas para garantir. Duas semanas depois, precisamos fugir. Não havia espaço para eu levar comigo todas as fotos, mas pude trazê-las no meu celular. Eu sou grato a Deus por isso." Andros Matti

 

UG 05 IKRAN Iraq 2016 0260105042

Para Ikram Qasha, a chave da sua casa é algo muito importante. Ela é originalmente de Karamles e realmente espera voltar a própria casa algum dia. Ela se alegra com o apoio que recebeu enquanto deslocada em Erbil, mas afirma: "Nada poderia ser melhor que viver em minha própria casa novamente".

 

UG 06 ALBERT Iraq 2015 0260105052

"Eu sou de Qaraqosh, mas tive que sair da cidade às pressas. Todas as minhas memórias estão neste disco rígido. Tudo sobre a minha vida está aqui. Imagine se sua vida mudasse tão drasticamente e você não tivesse mais lembranças! É por isso que o disco rígido e minha câmera são tão valiosos para mim." Albert Hadi

 

UG 07 BERNADETTE Iraq 2016 0260105046

A casa de Bernadette foi destruída, mas das cinzas ela conseguiu recuperar algumas coisas. Uma delas é um retrato de seu falecido marido, morto na guerra Irã-Iraque na década de 1980: "Eu tive de limpar todas as fotos, mas agora olhá-las me traz de volta boas lembranças”.

 

UG 08 MARTIN Iraq 2016 0260105091

"Eu tenho duas Bíblias. Uma em árabe desde quando eu tinha 12 anos e uma em inglês. A árabe levei de Mosul para Bagdá, Tikrit e agora trouxe para Erbil. Para mim, Jesus é muito importante. Ele trouxe a paz, enquanto outros estão trazendo guerra." Martin