alunos professores siria

 

A guerra na Síria já completou seis anos, e o conflito que começou com um pequeno levante popular tem devastado o país inteiro. A Organização das Nações Unidas estima que há 5,8 milhões de crianças carentes na Síria, com mais de 281 mil vivendo sitiadas e 2,8 milhões presas em áreas de difícil acesso. A Portas Abertas trabalha por meio de parceiros para manter viva a esperança dessas crianças.

Como a guerra separou famílias e devastou vidas na Síria, crianças estão recebendo ajuda dos Espaços Amigáveis para Crianças, um projeto apoiado pela Portas Abertas. Esses espaços são desenvolvidos para fornecer refúgio e um lugar seguro para crianças receberem aconselhamento pós-trauma e participarem de arteterapia e atividades infantis.

Esses centros, fundados por parceiros da Portas Abertas e gerenciado por organizações associadas proporcionam um oásis para crianças que foram forçadas a crescer prematuramente por causa da guerra e violência em volta delas. Muitas foram expostas a coisas que nenhuma criança jamais presenciou.

Para milhões de crianças sírias, suas vidas são irreconhecíveis daquilo que elas eram em março de 2011 quando começou o conflito no país. Muitas crianças tem sido diretamente impactadas pela violência, sofrendo com traumas físicos e psicológicos e sendo forçadas a deixar suas casas. Crianças de apenas sete anos de idade sendo recrutadas para o conflito armado, muitas sofreram abusos físicos em casa, e meninas enfrentam maior risco de abuso sexual, sequestro e exploração.

Um desses Espaços Infantis fica em uma região próxima à cidade de Homs, lar de muitos refugiados sírios. Cerca de 320 crianças encontram um lugar seguro toda a semana. Mas elas não são as únicas beneficiadas. A própria comunidade tem se envolvido e estreitado laços com a Igreja. Louve a Deus por isso! Ore hoje por esse projeto e pelas crianças no país.