O pastor Mirab (nome fictício) foi sentenciado a doze anos de prisão por possuir literatura cristã e Bíblias em sua casa. A igreja que ele pastoreava também foi fechada. Ore pela libertação de Mirab e por proteção aos cristãos perseguidos na Ásia Central.