Estima-se que 52% dos deslocados no Iêmen sejam mulheres. Entre elas, muitas são cristãs. Clame pelas crianças, adolescentes e idosas.