Em 2014, um líder islâmico disse que não era apropriado para os muçulmanos cumprimentarem os cristãos com “Feliz Natal”. Mas, no Natal passado, outro líder disse que não tinha problema. Ore por líderes mais moderados, pois isso poderá promover a harmonia religiosa.